6 Dicas de Cuidados Essenciais com o seu Jardim

Estas dicas preciosas chamam a atenção para o planejamento de uma horta eficiente que vai produzir por um longo tempo e economizar tempo em tentativas sem projeto

Por Joaquim Neto – amante da cozinha -

A melhor maneira de se escapar dos erros comuns cometidos pelos marinheiros de primeira viajem quando começando sua horta é fazer um planejamento, uma planilha de tempo e irrigar corretamente todas as variedades. Muitos iniciantes, cheios de entusiasmo e boas intenções, logo desistem quando suas primeiras tentativas não dão certo.

Para evitar que seu entusiasmo inicial seja barrado pelo fracasso, siga estas dicas e acerte logo nas primeiras investidas e logo você já vai poder contar com sua própria experiência.

image

1) Faça um desenho antes de começar

Planejar o espaço disponível de acordo com as espécies a serem plantadas é essencial. Alfaces e outras hortaliças podem se beneficiar da sombra de plantas maiores como o milho, que deve ser plantado em blocos e não colunas para aumentar a polinização pela ação do vento.

2) Respeite o espaço de crescimento da planta

Um bom jardim de vegetais é um jardim que produz bem e a primeira coisa a se pensar é o que plantar e quando? Respeitar o espaço que você tem para plantar e deixar todas as plantas “respirarem” é um modo eficiente para que estas não briguem por água ou nutrientes. Se crescem em demasia como abóboras por exemplo tem de se reservar espaço suficiente para isso.

3) Planeje a ordem do que plantar

Planejar a ordem do que se plantar primeiro é essencial para obter melhores resultados. Por exemplo, tomates e pimentas ficam melhores se forem plantadas em mudas dentro de casa e depois transplantadas para o jardim. Outra dica é observar a melhor época do ano para cada planta em sua região. Posteriormente falaremos mais sobre isso.

4) Revezamento cíclico

Planejar a troca de posição das plantas em cada novo plantio para um melhor aproveitamento do solo também é muito bom e isso pode ser feito planejando com antecedência. Hoje você tem softwares e apps que podem te ajudar nisso como o paisagismo e jardinagem do Sebrae por exemplo. Outro importado como o Garden Planner que te ajuda a desenhar e prever seu jardim, e você pode escolher as áreas em que irá plantar cada espécie de sua preferência.

5) Adapte seus planos para a região em que você mora

Não se esqueça de adequar as espécies à sua região e a cada época do ano, ou estação em que elas crescerão melhores. Consultar o calendário das Luas e considerar o que melhor pode ser plantado na passagem da Lua pelos signos do zodíaco é uma boa dica de jardinagem saudável que respeita os ritmos da natureza.

6) Não se esqueça da água

Outra coisa que você terá de prever é como irá irrigar suas plantas, manualmente com um regador ou uma mangueira, ou prefere criar um sistema que irrigue automaticamente seu jardim?

De qualquer forma a melhor maneira de se ter um bom jardim ou horta é planejando-o bem, antes de iniciar os trabalhos, com ajuda de apps ou não, você sempre terá de pensar no tipo de planta que quer e qual a melhor época do ano para se plantá-la, com que plantas elas convivem melhor e como fazer a correta rotação para um melhor aproveitamento do solo. Com tudo isso em mente um pouco de trabalho e ajuda da natureza, com certeza você terá um bom jardim.

image

Casa Ciclos

A Casa Ciclos Editora publica artigos e calendários com informações essenciais para uma vida prática e organizada, de acordo com os ritmos das estações.

Faça um Comentário